Até muito pouco tempo meu smartphone era Android e sempre fui muito feliz com ele. Por questões que não vale a pena citar aqui, tive que trocar e com isso mudei de plataforma retornando ao IOS que já havia utilizado a tempo atrás.

Como disse acho mesmo que o Android não deixa nada a desejar para nenhum sistema móvel ou mobile, seja como for. O sistema sempre me atendeu muito bem em performance e também com aplicativos. Aliás a App Store do Google tem também excelentes opções de aplicativos.

Quando ainda utilizava Android peguei o início da primeira leva de smartwatch ou relógios inteligentes, espertos sei lá. E foi nessa que acabei comprando o Moto 360 o smartwatch da Motorola. Neste post vou resumir um pouco da minha experiência e claro dizer se na minha opinião vale a pena (#ValeAPena) comprar um desses. Antes de iniciarmos vale conferir o comercial.

A experiência de ter funções até então restritas a celulares é o ponto alto do relógio, na minha opinião. Receber alertas, compromissos e ter acesso a múltiplas funções como calendário de compromissos fazem uma diferença danada. Essas funções economizam tempo e deixam tudo mais dinâmico. Vale também lembrar que de quebra o acesso pelo relógio chama menos a atenção e facilita o uso em locais um pouco mais suspeitos e o design… Ah o design é surpreendente e elegante.

moto-360-alertas-geekonomics

Mas nem tudo são flores.

Algumas funções ainda são muito limitadas ou de qualidade ruim. O sensor de pulso precisa melhorar muito, mas muito mesmo. É praticamente um milagre medir os batimentos pelo sensor e quando é medido… Ah, desculpa, mas não é confiável não. Eu mesmo pensei estar enfartando várias vezes durante o dia rsrsrsrs.

O comando de voz também ainda é muito limitado. Tá certo que não testei o Moto 360 com o Moto X ou outro modelo da Motorola, fiz os testes com um Samsung Galaxy S5. Pelo que pude captar de conversas o problema do comando de voz é melhor na plataforma Android puro da Motorola, mas não tão melhor assim. Enfim também precisa evoluir bastante.

Outros itens que ainda tem que evoluir são: Bateria (durabilidade 1 dia e meio apenas), visor (com parte inferior cortada, tela tem pequena perda de área).

As demais funções e aplicativos são considerei tão relevantes já que não permitem resposta pela tela do relógio. Neste ponto, um comando de voz integrado com os aplicativos, como por exemplo o Whatsapp seria bem interessante. Imagina responder mensagem pelo relógio?

moto-360-outras-funcoes-geekonomics

Se o aprimoramento dessas funções está ou não em desenvolvimento eu não sei. Mas é certo que os smartwatch precisam oferecer muito mais para justificar o investimento.

Na minha opinião ainda é prematuro comprar e usar um desses, pelo menos no caso do Moto 360 sim. Quem sabe texto o Apple Watch daqui um tempo?

Resumo do Review abaixo! Até a próxima pessoal.