ESSE POST NÃO É UMA RESENHA. A ideia não é fazer resenhas.

A ideia desse post é ir comentando a leitura do livro citando trechos que destaquei ao longo de minha evolução na leitura do livro. Então vamos logo ao que interessa.

O post de hoje fica por conta do livro: O Capital no Século XXI, uma leitura que tem me surpreendido positivamente até o momento.

Chamou minha atenção de início, a citação de livros da autora Jane Austen. Tenho visto em muitos livros, autores elogiarem o retrato que a autora de romances faz do ambiente econômico do Reino Unido no século XVIII.

Gostei também em particular das passagens em que o autor faz críticas a diversos autores. As passagens sobre Marx e Kuznets chegam a ser bem engraçadas.

Piketty chama Kuznets de ingênuo (Como não rir? Kkkkk).

1jack

Sobre Marx o autor também não alivia. Piketty deixa bem evidente a preguiça intelectual do autor citando sua obra inacabada sendo publicada por Engels e sua esquiva em abordar temas mais complexos que exigiriam maior tempo de estudo.

marx

Mas nada se compara, por enquanto, às observações de Piketty sobre a Ciência Econômica e também sobre nós economistas.

Ao ler pensei em largar o livro como forma de protesto, mas acabei por relevar o autor e reconhecer que em parte ele tem razão. Abaixo cito os trechos:

“Sejamos francos: a economia jamais abandonou sua paixão infantil pela matemática e pelas especulações puramente teóricas, quase sempre muito ideológicas, deixando de lado a pesquisa histórica e a aproximação com outras ciências sociais” (PIKETTY, Tomaz, Capital no Século XXI, posição 755, E-Book Versão Kindle).

E me digam se não é fácil chatear com uma frase dessas?

papo_chato

Mas é importante reconhecer que a integração da ciência econômica com outras ciências sociais, exatas ou humanas, é sim importante.
Hoje já é fácil perceber que essa integração já vem produzindo bons frutos como estudos de Neuroeconomia, onde temos uma “junção” entre economia, psicologia e neurociências.

O post para por aqui. Em breve mais comentários sobre o andamento da leitura do livro: O Capital no Século XXI.

PS.: Isso tudo e só estou em 7% do livro! Aguardem muito mais por aqui.