Em se tratando de séries, acho que nunca antes na história do gênero, teve-se tantas e com tamanha qualidade. A qualidade dos seriados atuais foi elevada ao mais alto padrão com produções que enchem os olhos e gastam milhões para serem produzidas.

Enquanto vemos uma invasão de seriados baseados nos heróis da Marvel, que esbanjam orçamentos e nos trazem o que há de melhor em termos de produção e efeitos especiais, vemos também que produções mais simples ainda conquistam público pelo mundo.

A verdade é que nenhum efeito ou orçamento pode superar a qualidade de um bom roteiro. Pegar carona na imaginação do escritor ou roteirista ainda é o grande atrativo, tanto para os seriados como para cinema, peças teatrais, novelas e todo tipo de histórias.

Um grande exemplo onde a qualidade do roteiro é decisiva é o seriado Friends. O seriado que estreou em 1994 na rede americana NBC, trazia à época atores até então praticamente desconhecidos. Talvez aqui a única que não se incluiria como praticamente desconhecida do público, tenha sido a atriz Courteney Cox, que na altura da estreia de Friends, já havia estrelado alguns filmes dentre eles o relevante Cocoon.

courteney cox cocoon

Falar de Friends é interessante para quem era adolescente na década de 90. O seriado rompeu a barreira da televisão e deixou muita gente como sendo parte da família Friends. Leve, com humor inteligente e dilemas muito próximos da transição entre adolescência e idade adulta, Friends foi conselheiro de muito jovem nos idos dos 90.

E quando o fim do seriado foi anunciado, me lembro bem dessa época, teve muita gente se descabelando como se tivesse perdido um dos melhores amigos.

friends-volta

Passaram-se anos desde o último episódio e a esperança dos fãs no retorno do seriado não se extinguia.

Parece que espera pode acabar. Segundo noticiado pela NBC, está programado um especial com duas horas de duração em que os personagens estarão presentes, o que já bastou para alvoroçar os fãs. As vezes é complicado entender o encerramento de seriados que são sucesso, mas nem só de sucesso vive a indústria da TV.

Hoje é compreensível entender o fim de Friends. O Seriado alçou os atores e toda a produção a um status inimaginável. Os últimos episódios chegaram a remunerar cada ator do elenco principal do seriado, em nada menos do que US$1.00 Milhão de dólares, por episódio.

De saída o custo da produção já chegava a nada modéstia quantia de US$6.0 Milhões de dólares por episódio. Um custo elevado se considerarmos que aí estão apenas os salários dos atores principais.

Agora imaginem quando custaria um episódio de Friends hoje?

friends-final-season-picture

É nós fizemos a conta!

De uma forma bem simples e truncada, resolvemos fazer uma estimativa. Pegamos o crescimento acumulado do PIB dos EUA de 1994 até 2014, e colcamos como parâmetro para reajuste nos valores da produção. O resultado está no gráfico abaixo.

pib-eua-geekonomics

Considerando o crescimento e considerando ainda que o custo estimado de cada episódio de Friends era aproximadamente US$ 10 milhões (Fonte: Adoro Cinema), teríamos cada episódio custando hoje nada menos do que US$15.56 milhões.

Se pegarmos o ranking dos cinco seriados mais caros, Friends se voltasse novamente a ser produzida hoje, pasmem, ainda não seria a série mais cara. Perderia apenas para o seriado The Pacific que custou nada menos do que US$20 milhões por episódio. Na tabela abaixo estão elencados os 5 mais caros seriados de todos os tempos. Notem que originalmente Friends já estava na quarta posição. Com o reajuste, passaria a segundo lugar.

tabela-series-geekonomics

Mesmo não sendo o mais caro, Friends ainda apresenta um belo custo, se considerarmos que a série era gravada na grande maioria em estúdio apenas e com cenários muito, mas muito simples.

Não consegui dados detalhados dos custos dos seriados, mas dificilmente nos dias de hoje um seriado teria 60% de seu custo alocado para os atores apenas, caso de Friends.

Não sei quanto a brincadeira custará para a NBC, mas a julgar pelo burburinho e toda a expectativa, as duas horas do especial de Friends, terá que comercializar seus intervalos próximos aos valores do Superbowl.

Será?

Até a próxima!