Aversão à perda é um conceito Economia Comportamental importante associado à teoria das perspectivas e de forma resumida foi descrito pela expressão “perdas crescem maiores do que ganhos” (Kahneman & Tversky, 1979).

Pensa-se que a dor de perder é psicologicamente duas vezes mais poderosa do que o prazer de ganhar. Como as pessoas estão mais dispostas a correr riscos para evitar uma perda, a aversão a perdas pode explicar diferenças na busca de risco versus aversão.

O princípio básico da aversão à perda às vezes é aplicado em estratégias de mudança de comportamento, e pode explicar por que quadros de penalidades às vezes são mais eficazes do que os quadros de recompensas em motivar as pessoas (Gächter, Orzen, Renner e Starmer, 2009)