Você sabe o que é metalinguagem?

É um recurso em que a própria linguagem é utilizada como tema e conteúdo daquilo que será escrito. Ou, em outros termos, é quando algo está falando de si mesmo. A origem da palavra remete aos estudos do pensador russo Roman Jakobson, que, no início dos anos 60, definiu em seis as funções da linguagem: conativa, emotiva, fática, poética, referencial e metalinguística. Segundo ele, a metalinguagem tem um discurso que foca o código lexical do idioma.

Superinteressante

Metalinguagem e as Ciências Comportamentais

No último século, cientistas comportamentais mudaram a abordagem de diversas áreas de conhecimento. A enorme contribuição de nomes como Kahneman e Thaler tem criado uma legião de fãs, disseminando conteúdo aos quatro cantos do mundo.

Mas do ponto de vista da produção de pesquisas acadêmicas, a realidade parece ser um pouco diferente…

O antropólogo Daniel Hruschka aponta uma restrição de foco das pesquisas publicadas em jornais de psicologia. A constatação é de que 95% das pesquisas refletem o comportamento de 15% da população. O público estudado frequentemente é composto por universitários americanos e europeus de classe média alta.

O dado serve de alerta a nações como o Brasil, que tem um grande potencial de produção acadêmica, mas que sofre, dentre outras coisas, com a falta de estímulo aos pesquisadores.

Crítica como estímulo para produções científicas

Mais que uma crítica, o artigo do antropólogo Daniel Hruschka, é um estímulo para que as pesquisas sejam replicadas em outros países e com diferentes públicos, afim de confirmar, adequar ou refutar as descobertas consagradas pela Economia Comportamental.

A grande profusão de pesquisadores interessados no tema, bem como a crescimento de especializações na área aqui no Brasil já vem gerando bons frutos. Enquanto as primeiras turmas vêm formando e publicando seus estudos, certamente teremos muito material para analisar e com isso comparar os resultados entre diferentes realizadas e públicos aqui no Brasil e ao redor do mundo.

Link para notícia: aqui