Streaming e comportamento desonesto - Geekonomics
Podcast

Streaming e comportamento desonesto

streaming- comportamento desonestocapa-post

Streaming sem dúvidas é uma das evoluções da indústria do entretenimento que mais revolucionaram o consumo de mídia nos últimos tempos, com impactos também para o comportamento das pessoas.

O volume de lançamentos e de conteúdo disponível aumenta exponencialmente enquanto nós lutamos para acompanhar, mesmo que parcialmente aquelas séries e filmes de que gostamos e ainda todas aquelas que estão no boca a boca da galera e nas conversas dos almoços de domingo, refeitórios das empresas, redes sociais…

A grande disponibilidade, no entanto, pode estar agindo para estimular comportamentos desonestos nas pessoas. Com o aumento da variedade das produções das redes de streaming, os custos para acesso a todas as plataformas têm crescido e temos ficado cada vez mais divididos sobre qual serviço assinar e quanto destinar de nosso orçamento limitado para esse tipo de gasto.

Mas nem sempre é possível estar em todas as plataformas. Seja por restrição orçamentária, seja pela relevância do conteúdo, um público em específico pode estar adotando comportamentos desviantes para ter todos os conteúdos que deseja.

Fãs em geral se caracterizam pelo elevado envolvimento com o conteúdo e pela interação com a comunidade e desejo de se coordenas com outros fãs com mesmas preferências e gostos.

Nesse contexto, não raro temos contato com pessoas que acabam fazendo de tudo para ter o máximo de acesso ao conteúdo possível. O problema é quem sempre esse consumo de conteúdo se faz por vias legais.

Muitos fãs acabam adotando comportamentos desonestos de consumo de conteúdo de mídia, fazendo download em sites de torrente e acessando sites da deep web. Muito mais do que um desejo extremo de ter acesso por gostar e por ter a necessidade de se coordenar com o grupo ao qual deseja pertencer e ser identificado como membro, os fãs acabam criando narrativas que justifiquem a adoção do comportamento desonesto.

Estas narrativas mais do que justificar, servem para criar um ambiente onde o fã e aquelas pessoas que consumem conteúdo por vias ilegais, distorcem a régua moral para preservar sua autoimagem. Assim nesse mundo iludido e moralmente distorcido, muitos permanecem cometendo atos ilícitos que se não bastasse serem moralmente e legalmente condenáveis, ainda agem para prejudicar os produtores e criados do conteúdo ao qual o fã tanto idolatra.

Neste Geekonomics PodCast vamos trazer esse tema controverso, onde abrimos nossos microfones para debater sobre o consumo de streaming e comportamentos desonestos. Para a conversa convidamos a Brennda Hipólito que tem uma pesquisa sobre esse comportamento com público fã e consumidor de animes.

💥Participaram deste PodCast sobre Streaming e comportamento desonesto

Anderson Mattozinhos – Caster Geekonomics

Marcela Marcatto – Caster Geekonomcs

Quintiliano Campomori – Caster Geekonomics

Brennda Hipólito: Graduada em administração pela Universidade de Fortaleza, atualmente se dedico a produção de conteúdo para o público otaku, participa do CoffeCast e escreve para o Universo Animes.
– Perfis da Brennda no instagram: @brenndahipolito & @otakunaweb

🗣️Citados no PodCast

Artigo da Brennda – LINK AQUI

Cavaleiros do Zodíaco

Shurato

About the author

Anderson Mattozinhos

Anderson Mattozinhos

Economista, bookaholic, tecnófilo e jogador inveterado de videogames.

Instagram

Invalid username or token.

Fique Atualizado

Categorias

Gostou desse conteúdo?

Se cadastre na nossa newsletter e não perca mais nada! Receba notícias, novidades sobre Economia Comportamental e atualizações de novos posts.

Você se cadastrou com sucesso!